Fábrica da Pólvora de Barcarena


Fábrica da Pólvora de Barcarena
A Fábrica da Pólvora de Barcarena funcionou entre 1540 e 1940, tendo assumido um papel importante para a população local, como fornecedora de emprego e como motor de desenvolvimento da região e do país.

Após alguns anos ao abandono, a Câmara Municipal de Oeiras resolveu recuperar a velha fábrica para fazer ali um grande centro de cultura e lazer, que aloja, actualmente, um mundo de interesses variados.

Logo à entrada, o visitante deslumbra-se com o enorme relógio de sol instalado no chão, que se assume como obra de arte e objecto histórico.

À direita, no Museu da Pólvora Negra, pode ficar a conhecer a história da fábrica dos tempos; ao lado, um enorme lago, que anteriormente serviu como cisterna principal da fábrica.

À esquerda, há um refinado restaurante e um bar com música ao vivo, para além de uma galeria de arte e do Pátio do Enxugo, com os seus jogos de água, onde se organizam espectáculos ao ar livre.

A dividir a Fábrica de Baixo (à entrada) da Fábrica de Cima, está a ribeira de Barcarena, que foi fundamental no abastecimento de água ao local.

Na Fábrica de Cima, situam-se os Viveiros Municipais, que colocam à disposição do visitante inúmeras espécies de plantas, e um enorme jardim onde as crianças brincam e os mais velhos podem relaxar, lendo ou conversando.

Deste lado da ribeira, encontram-se ainda outras dependências da fábrica, em algumas das quais estão expostas máquinas usadas ao longo dos tempos no fabrico da polvora.

Sílvia Padrão

Destaque
Pousada de Juventude de Catalazete - Oeiras Pousada de Juventude de Catalazete - Oeiras
Oeiras
Alojada num forte remodelado do século XVIII, a Pousada de Juventude de Catalazete é uma óptima opção para os jovens que vêm para conhecer Lisboa e a Costa do Estoril.

Ofertas especiais

Encontre aqui o seu hotel

Destino

Check-in

Check-out

 © 1997-2021 Guia de Viagens Portugal Travel & Hotels Guide | Termos legais | Contacto