Bragança: Viagens e turismo

Castelo
Castelo
Encravada nas montanhas do Nordeste transmontano, a antiga cidade de Bragança deu o seu nome à derradeira dinastia de reis de Portugal, a qual descende de um filho ilegítimo de Dom João I que se tornou o primeiro duque de Bragança, em 1442.

A cidadela, remota e isolada, data do século XII e está surpreendentemente bem conservada: vale a pena admirar o Castelo, com as suas torres de vigia e calabouços, a Domus Municipalis (edifício pentagonal e monumento único da arquitectura civil medieva em Portugal, que servia de local de reunião para os «homens bons» do concelho) ou o pelourinho medieval, formado por uma coluna cuja base é uma porca esculpida em granito; ainda dentro da cidadela, a Igreja de Santa Maria exibe um belíssimo portal trabalhado e restaurado no século XVIII.

No exterior das muralhas, a arquitectura religiosa é igualmente notável, como se pode observar na Igreja de São Bento, com magníficas pinturas no tecto, ou na Igreja de São Vicente, primitivamente românica (século XIII) e reconstruída no século XVII, rica em talha dourada e com interessantes painéis de azulejos.

O Museu do Abade de Baçal exibe pinturas, esculturas, mobiliário, trajes típicos e mesmo sinistros instrumentos de tortura.
Destaque
Pousada de São Bartolomeu Pousada de São Bartolomeu
Bragança
Bragança, frequentemente esquecida devido à sua distância dos centros de decisão, é impossível de esquecer, uma vez visitada. Do topo de um monte da Serra da Nogueira, os hóspedes gozam de uma esplêndida vista sobre esta capital de distrito.

Ofertas especiais

Encontre aqui o seu hotel

Destino

Check-in

Check-out

 © 1997-2019 Guia de Viagens Portugal Travel & Hotels Guide | Termos legais | Contacto