Corvo: Viagens e turismo

A mais pequena ilha dos Açores conta com menos de meio milhar de habitantes e apenas uma povoação, Vila Nova do Corvo.

A ilha teve origem num antigo vulcão marinho cujo cimo se abateu e formou uma enorme cratera, o Caldeirão, com 300 metros de profundidade e 3,7 quilómetros de perímetro; o ponto mais alto do Corvo, conhecido por Monte Grosso, fica situado a 770 metros de altura.

No fundo da cratera, duas lagoas de águas tranquilas com pequenas ilhotas constituem uma das principais atracções da ilha, a par dos curiosos rochedos e miradouros e das verdes paisagens a contrastar com o azul do mar, dotado de uma fauna riquíssima e diversificada (o Corvo reúne excelentes condições para a pesca de rocha e de barco e para a prática de mergulho).

Finalmente, não se deve deixar a ilha sem dedicar algum tempo à pequena vila isolada, com típicas casas de fachadas de pedra negra orladas de branco nas janelas e portas, pitorescas ruas calcetadas e a bonita Igreja de Nossa Senhora dos Milagres, a padroeira do Corvo, que abriga uma imagem flamenga do século XVI.
Destaque
Residencial Pontes de Rio Caldo Residencial Pontes de Rio Caldo
Paredes - Rio Caldo, Terras de Bouro
$$ (30 a 50 euros)

Situada no deslumbrante Parque Nacional Peneda-Gerês, perto da marina de Rio Caldo, combina a arquitectura tradicional com um interior moderno.

Ofertas especiais

Encontre aqui o seu hotel

Destino

Check-in

Check-out

 © 1997-2020 Guia de Viagens Portugal Travel & Hotels Guide | Termos legais | Contacto