Évora: Viagens e turismo

Sé Catedral: zimbório
Sé Catedral: zimbório
Rodeada de planícies no coração do Alentejo, com o seu centro histórico e a atmosfera única dos velhos bairros, Évora foi declarada, com toda a justiça, Património Mundial pela UNESCO em 1986.

A cidade, cingida por muralhas românicas, medievais e do século XVII, já era importante na época dos romanos, como pode ser visto pelas ruínas do emblemático Templo de Diana, erguido no século II ou III.

A animada Praça do Giraldo exibe arcadas em estilo árabe e uma fonte que data de 1571, e constitui local de encontro sobretudo em dias de mercado. Dali, parte-se em descoberta das mais de 20 igrejas e mosteiros da cidade, de artérias antigas com nomes curiosos ou da turística Rua 5 de Outubro, com lojas a vender artesanato que vai dos tachos de cobre a produtos esculpidos em cortiça.

Évora tem excelentes restaurantes e o visitante pode ficar alojado, por exemplo, no Convento dos Lóios, que data do século XV e foi transformado numa luxuosa pousada.

A Sé, construída entre 1186 e 1204, inclui uma entrada gótica com estátuas dos Apóstolos, um altar-mor do século XVIII e muitos outros tesouros de arte sacra; a Igreja de São Francisco, do século XV, é sobretudo conhecida pela fascinante mas algo sinistra Capela dos Ossos, feita com os restos mortais de monges.

Mas Évora é também uma cidade alegre, principalmente devido à sua universidade. Os jesuítas abriram ali um colégio em 1559, mas foram banidos e a escola fechada no século XVIII; agora, faz parte da nova universidade, com o seu claustro elegante, uma capela em estilo barroco e magníficos azulejos.
Destaque
Pousada dos Lóios Pousada dos Lóios
Évora
No coração do centro histórico da cidade de Évora, declarada Património da Humanidade pela UNESCO, foi originalmente um convento, e é um dos mais preciosos edifícios da cidade.

Ofertas especiais

Encontre aqui o seu hotel

Destino

Check-in

Check-out

 © 1997-2018 Guia de Viagens Portugal Travel & Hotels Guide | Termos legais | Contacto