Vila Nova da Barquinha: Viagens e turismo

Almourol: Castelo
Almourol: Castelo
A principal atracção do concelho é, sem dúvida, o encantador Castelo de Almourol, que se ergue numa pequena ilhota do rio Tejo.

Foi construído sobre os alicerces de um antigo forte romano pelo primeiro grão-mestre da Ordem dos Templários, Gualdim Pais, em 1171.

As ruínas da ilha-fortaleza de Almourol, com a graciosa silhueta das muralhas do castelo reflectida nas águas do rio, deram origem a muitas lendas e histórias de mistério.

A principal fonte destas é uma novela em verso do século XVI, intitulada Palmeirim de Inglaterra, escrita por Francisco Morais e que narra aventuras de gigantes e cavaleiros, e de como o cavaleiro andante Palmeirim lutou pelo amor da formosa Polinarda.

A fortaleza dos Templários, com os seus baluartes e nove torres, permaneceu inexpugnável perante qualquer força invasora.

Outro vestígio da importante presença dos templários nesta região é o castelo em ruínas de Gualdim Pais, que dirigiu a companhia de militares e religiosos, na povoação de Praia do Ribatejo.

Ainda no concelho, há igrejas interessantes em Tancos e na Atalaia.

De resto, a região é marcada pelo fluxo do grande rio Tejo, geralmente tranquilo e bucólico, mas por vezes traiçoeiro, com as suas súbitas enchentes.

Vila Nova da Barquinha foi outrora um importante porto fluvial, dominando o comércio de madeira, sal e azeite, antes da chegada do caminho-de-ferro.
Ofertas especiais

Encontre aqui o seu hotel

Destino

Check-in

Check-out

 © 1997-2021 Guia de Viagens Portugal Travel & Hotels Guide | Termos legais | Contacto