Alcácer do Sal: Viagens e turismo

Capela do Senhor dos Mártires
Capela do Senhor dos Mártires
Para quem vem de Setúbal, a estrada até Alcácer do Sal está ladeada de bosques de pinheiro manso, mas os primeiros sobreiros são já um sinal de que o Alentejo está próximo.

A antiga vila de Alcácer do Sal (nome que provém de al-kasr, «castelo» em árabe, e da sua longa história de exploração e comércio do sal), debruçada sobre o rio Sado, é dominada pelo castelo erguido no cimo de um monte onde já existia uma construção fortificada que remonta ao século VI antes de Cristo. Os romanos utilizaram-na como praça-forte e foi depois reconstruída pelos mouros, que dominaram a vila a partir de 715.

Alcácer tem uma atmosfera pacífica, com cafés aprazíveis à beira do rio, casas de frontões triangulares e volutas e várias igrejas dignas de interesse. A pequena Igreja do Espírito Santo aloja agora o Museu Arqueológico.

Entre a Península de Tróia e Alcácer, Carrasqueira é uma pequena aldeia de pescadores onde ainda se podem ver cabanas de paredes e tectos de colmo.

O vale e estuário do Sado é um verdadeiro paraíso ornitológico e dá guarida a muitas espécies (a garça-real, o pernilongo de asa negra, a andorinha-dos-brejos e o busardo, entre outros).

Nos limites do concelho, a cerca de 19 quilómetros de Alcácer, a encantadora povoação do Torrão possui uma igreja paroquial que é monumento nacional e pequenas casas brancas que quase parecem esmagadas sob enormes chaminés.
Destaque
Pousada de Dom Afonso II Pousada de Dom Afonso II
Alcácer do Sal
$$$$$ (>150 euros)

No castelo de Alcácer do Sal, foi edificada uma pousada sobre 5000 anos de história que remontam ao Neolítico Superior e possui vestígios das presenças fenícia, romana e árabe.

Ofertas especiais

Encontre aqui o seu hotel

Destino

Check-in

Check-out

 © 1997-2018 Guia de Viagens Portugal Travel & Hotels Guide | Termos legais | Contacto