Caldas da Rainha: Viagens e turismo

Igreja de Nossa Senhora do Pópulo
Igreja de Nossa Senhora do Pópulo
Caldas da Rainha é, sobretudo, famosa pela sua loiça de cerâmica, de características populares e, muitas vezes, humorísticas: podem-se encontrar desde pratos e travessas com feitio de couves e outros vegetais e frutos até serviços de jantar coloridos e pequenas ou grandes figuras de cerâmica, tanto eróticas como humorísticas (logo poderá descobrir o seu lado escondido...).

Muitas destas devem-se ao trabalho religioso e humorístico de Rafael Bodalo Pinheiro, que retratou os sentimentos do cidadão comum português, em 1875, numa figura de aspecto exasperado e sofredor, conhecida como «Zé Povinho» (o qual ainda representa, de certa maneira, a atitude de um qualquer trabalhador português, à semelhança do que acontece com o célebre John Bull britânico).

Mas Caldas da Rainha é muito mais do que isto. A cidade das «termas da rainha» tornou-se próspera, no século XV, devido a três aspectos diferentes: as curas termais, a fruticultura e o artesanato.

As praias de Foz do Arelho e de Salir do Porto, com a sua lagoa encantadora, assim como os campos férteis que produzem frutos e legumes variados tornaram-se conhecidos de todos.

Com uma gastronomia rica e diversificada, o visitante sente-se tentado a provar os pratos de amêijoas, enguias, robalos e linguados da lagoa, assim como a doçaria local: trouxas de ovos, cavacas, lampreias de ovos...

Também merecem uma visita o Hospital Termal, o mais antigo do mundo, a igreja de Nossa Senhora do Pópulo (datada do século XV) e todas as fábricas de cerâmica.
Destaque
Residencial Europeia Residencial Europeia
Caldas da Rainha
$$ (30 a 50 euros)

A Residencial Europeia fica no coração da cidade, situada no moderno Centro Comercial Rua das Montras e próximo do mais antigo hospital termal do mundo (século XV).

Ofertas especiais

Encontre aqui o seu hotel

Destino

Check-in

Check-out

 © 1997-2019 Guia de Viagens Portugal Travel & Hotels Guide | Termos legais | Contacto