Figueira de Castelo Rodrigo: Viagens e turismo

Mosteiro de Santa Maria de Aguiar
Mosteiro de Santa Maria de Aguiar
A actual sede do concelho, Figueira de Castelo Rodrigo, herdou o nome da aldeia fortificada de Castelo Rodrigo, praticamente abandonada durante o século XVIII.

A vila muralhada, famosa pelas amendoeiras em flor, pode ser vista de longe na paisagem agreste, com as suas casas graníticas a integrar-se de forma perfeita no cenário rochoso, dominado pela Serra da Marofa, cujo cume atinge os 977 metros de altitude.

É no ponto mais elevado da serra que se ergue a grande estátua de pedra do Cristo-Rei, comandando um vasto e grandioso panorama que proporciona ao visitante, sobretudo em Fevereiro e Março, a visão deslumbrante da brancura imaculada das amendoeiras em flor.

Na vila, destacam-se as muralhas com os seus torreões circulares (séculos XIII a XVII), as ruínas do Palácio de Cristóvão de Moura (que foi incendiado por ocasião da Restauração da Independência, em 1640, pelo povo que se insurgia assim contra o traidor e simpatizante do rei de Espanha), o pelourinho e várias janelas do período manuelino que ornam a Rua da Cadeia, e também o que resta do Convento e da Igreja de Santa Maria de Aguiar (séculos XIII a XVII).

Quanto à gastronomia da região, o visitante pode optar pelo cabrito assado, quase sempre excelente, o queijo ou o doce tradicional que ostenta o sugestivo nome de «orelhas de dom-abade».
Destaque
Hospedaria do Convento Hospedaria do Convento
Figueira de Castelo Rodrigo
Parte integrante do Convento Cisterciense de Santa Maria de Aguiar, onde desde o século XII acolhia peregrinos, a Hospedaria do Convento encontra-se hoje convertida numa confortável, tradicional e luxuosa unidade de turismo de habitação, rodeada por prados e uma floresta de carvalhos centenária.

Ofertas especiais

Encontre aqui o seu hotel

Destino

Check-in

Check-out

 © 1997-2019 Guia de Viagens Portugal Travel & Hotels Guide | Termos legais | Contacto